Enviar E-mail

Como preparar seu supermercado para a Black Friday

Como preparar seu supermercado para a Black Friday

 

Uma das datas mais esperadas pelos consumidores está se aproximando! No dia 29 de novembro comemoramos a Black Friday, um dos dias mais importantes para o varejo no ano. O evento é conhecido pelas promoções agressivas, descontos e oportunidades imperdíveis de compra.

Nas últimas nove edições da Black Friday, o setor supermercadista obteve um crescimento relevante na data. Em 2018, foram movimentados R$ 2,6 bilhões. E esse número só tende a aumentar. De acordo com uma pesquisa da APAS (Associação Paulista de Supermercados), o setor acredita que as vendas devem aumentar 4,2%, principalmente nas categorias higiene pessoal, decoração, produtos de limpeza e bebidas alcoólicas.

Já no levantamento do Instituto Ebit/Nielsen, que avalia o comércio eletrônico, a previsão é de uma expansão de 15%, com vendas totais de R$ 61,2 bilhões. Os pedidos devem ser 12% maiores e o tíquete médio deve alcançar os R$ 447,00, representando um aumento de 3% neste item em relação a 2018.

Você já se preparou para oferecer boas promoções a seus clientes? Criamos este artigo para ajudar você a se programar e tirar o melhor proveito dessa data.

 

Como oferecer promoções vantajosas na Black Friday?

Promoção vantajosa é aquela em que o consumidor e o vendedor saem ganhando. Antes de oferecer promoções na Black Friday, é preciso levar em consideração alguns fatores:

1) Não tenha prejuízo

É muito importante saber todos os gastos da sua empresa. Não adianta oferecer preços baixos a seus clientes e consequentemente aumentar o volume de vendas se isso for trazer prejuízos para você e o seu negócio.

Portanto considere seus gastos fixos, como despesas de manutenção e pagamentos de fornecedores e funcionários, além de gastos variáveis, como comissões e matérias-primas. A renda de um evento como a Black Friday deve sempre ser maior que esses gastos, evitando prejuízos.

Um bom sistema de ERP ajuda você a gerenciar toda a operação comercial do seu supermercado. O ERP da Consinco é líder de mercado entre os maiores atacadistas e varejistas do Brasil por sua confiabilidade, especialização e desempenho. Conheça o Consinco ERP (https://conteudo.consinco.com.br/monitoramento-de-preco-garante-eficiencia-operacional)

 

2) Tenha estoque

É indispensável verificar seu estoque antes da promoção, afinal a ideia da Black Friday é aumentar o número de vendas devido ao preço baixo. Essa estratégia exige que você tenha mercadorias para oferecer a seus clientes. Uma das situações mais prejudiciais às empresas durante essa época é não ter capacidade de entregar a mercadoria ao cliente.

Para evitar os problemas acima, faça um levantamento dos produtos que já estão em oferta ou que não têm a quantidade suficiente em estoque. Identifique os produtos que estão há muito tempo no seu estoque ou que estejam próximos da data de validade. Avalie também quais produtos possuem melhor margem de lucro, para poder aplicar um bom desconto. Cuidado para não ter prejuízo. Os descontos que você estipular devem sempre considerar alguma margem de lucro, mesmo que seja mínima, senão você pode reduzir bastante o volume de estoque, mas terá prejuízo financeiro.

Reponha também aqueles produtos que não forem colocados em promoção, considerando que os clientes podem aproveitar a ida à loja para comprar outros itens. Ou seja, esteja com o estoque preparado para não deixar o cliente na mão.

Uma solução ideal para ajudar você a organizar seu estoque para a Black Friday é o Consinco SOMMA, uma plataforma móvel voltada para ressuprimento de lojas, que contempla os processos de recebimento de mercadorias, captação de preços de concorrentes, checagem de preços de gôndolas, conferência de transferências e muito mais.

 

3) Ofereça descontos verdadeiros

O pior erro que se pode cometer durante a Black Friday é aumentar o preço dos produtos alguns dias antes para, no período, simular descontos ou criar falsas promoções. Os consumidores estão de olho na sua loja e vão perceber se você fizer essa oscilação. Além de ser proibida pelos órgãos de defesa do consumidor, essa atitude prejudica a imagem da sua empresa.

 

4) Negocie com seus fornecedores

Negocie preços e prazos melhores com seus fornecedores. Além de ser possível oferecer um preço menor sem reduzir a margem de lucro, você terá os produtos necessários no seu estoque.

O gerenciamento de processos logísticos em centros de distribuição e estoques é necessário para evitar quebras e rupturas em seu estoque. O Consinco WMS contempla o agendamento de recebimentos, recebimento das mercadorias, armazenagem, reabastecimento dos endereços de picking, roteirização de entregas, separação, conferência, carregamento, expedição e gestão da produtividade, além de gerar inventários geral ou cíclico. Saiba mais sobre a solução no e-book que preparamos especialmente para você: (https://conteudo.consinco.com.br/e-book-wms)

 

5) Reforce a sua equipe

É fundamental fazer um planejamento. Defina, por exemplo, se a Black Friday acontecerá apenas na sexta-feira ou se as promoções acontecerão durante a semana ou até mesmo durante o mês.

Se você optar por um único dia, esteja preparado para receber um volume muito maior de clientes. Esses consumidores têm de ser bem atendidos pelos funcionários e não podem passar muito tempo na fila dos caixas, por exemplo. Para isso, verifique a necessidade de contratar funcionários extras para esse período.

O mesmo vale para e-commerce: o seu site precisa estar preparado para suportar um pico enorme de acessos. Caso contrário, você poderá perder vendas. É importante também deixar claro o prazo de entrega dos produtos, já que muitas pessoas aproveitam para fazer as compras de Natal durante a Black Friday.

 

6) Aproveite para conseguir cadastros

A Black Friday atrai muitos clientes para a sua loja e esse é um ótimo momento para você fidelizá-los. Você pode promover um sorteio ou cadastrá-los no seu programa de fidelidade.

Com os dados em mãos, você terá uma base de clientes que já conhecem a sua empresa e poderá criar ações específicas, como ofertas exclusivas, de acordo com o interesse daquele consumidor.

 

7) Use e-mail marketing e as redes sociais a seu favor

Se você já tem uma base de clientes cadastrados, dispare um e-mail marketing para avisar sobre a Black Friday na sua loja e mostrar alguns dos produtos que estarão na promoção. Além disso, avise-os assim que sua campanha da Black Friday for ao ar, para relembrá-los dos descontos. As redes sociais também são suas aliadas nesse período. Divulgue produtos, promoções e descontos nas redes e convide seus clientes a visitarem sua loja.

 

8) Prepare seu e-commerce para a Black Friday

A Black Friday é uma das datas em que o comércio eletrônico mais fatura durante o ano. Nesta era da internet, as pessoas aproveitam ainda mais para comparar preços online e realizar compras. Por isso, é importante que a estrutura do seu site aguente receber uma grande quantidade de visitas.

De acordo com o Reclame Aqui, o segundo maior motivo de insatisfação dos consumidores na Black Friday é a dificuldade em finalizar a compra. Esse problema pode ocorrer por causa de quedas do site, lentidão do sistema, links quebrados e/ou erros no checkout. Para que isso não aconteça com o seu e-commerce, entre em contato com o suporte da sua plataforma e meio de pagamento e verifique se está tudo certo para receber o volume de acessos. Ter uma plataforma especializada é de vital importância para garantir a melhor performance do site e melhorar o relacionamento com seu público.

O e-commerce da Consinco é uma plataforma especializada para o varejo alimentar, com facilidades para compras de grandes volumes de itens, produtos pesáveis e preços diferenciados por embalagem, tanto para operações com entrega (Delivery) quanto para retirada (Drive Thru ou Click & Collect). O e-commerce da Consinco também permite integração com o ERP Consinco, unindo a operação online com a das lojas físicas. Saiba mais sobre o Consinco E-commerce no e-book feito especialmente para você: (https://conteudo.consinco.com.br/e-book-e-commerce-para-supermercados)

Para ajudar a garantir a operação de ponta a ponta do e-commerce, a Consinco também possui o OMS, sigla de Order Management System (Sistema de gestão de pedidos, em português), uma solução para gerenciar as atividades operacionais e o complexo fluxo de informações da jornada do produto. Esse sistema gerencia desde a análise antifraude do pedido, passando pela separação no estoque, conferência dos produtos, emissão de nota fiscal, gestão de rota de entrega, checklist dos itens, double check – feito pelo motorista do caminhão para evitar erros – até a entrega do produto para o cliente e fechamento dos pedidos.

 

 

Ações de Black Friday para fazer no seu supermercado

Depois de se preparar para a Black Friday, é importante oferecer experiências diferentes para seus clientes durante o período de promoções. Reunimos algumas ações que você pode colocar em prática no seu supermercado para aumentar suas vendas durante a data:

 

– Campanha para clientes cadastrados

Mesmo que o foco principal da Black Friday sejam as vendas e as promoções, a data é também uma ótima oportunidade para se aproximar das pessoas que já são seus clientes. Envie ofertas personalizadas ou ofereça descontos exclusivos para esse público. Assim, você aumenta suas chances de vender e ainda fideliza esses clientes.

 

– Descontos progressivos

Promoções com descontos progressivos aumentam o ticket médio do seu supermercado. A ideia é simples: quanto mais itens do mesmo produto o cliente levar, maiores serão os descontos que ele terá. Por exemplo: dois itens dão 5% de desconto, três itens dão 10%, 4 itens oferecem 15%, entre outros.

 

– Combo de produtos

Outra ideia para a Black Friday é criar combos com os produtos do seu supermercado. Por exemplo: na compra de um chocolate mais um valor em dinheiro, o cliente leva três chocolates. Essas ações aumentam o faturamento e o ticket médio da sua loja.

 

Dicas para preparar seu supermercado para a Black Friday

Depois das dicas de como planejar seu supermercado para a Black Friday e ações que podem ser feitas, é importante saber como preparar a loja para esse momento. Reunimos aqui algumas dicas para chamar a atenção dos clientes:

 

– Decore sua loja inteira para a Black Friday

Deixar sua loja em clima de Black Friday ajuda a manter os clientes dentro do estabelecimento. Sinalizar as promoções e os descontos facilitam na hora de o cliente encontrar o que procura ou descobrir uma nova oferta que ele não estava esperando, mas que pode comprar.

Para isso, invista em precificadores especiais para a Black Friday, como o famoso “DE: R$ XX POR: R$ X”.

 

– Organize sua loja

Os produtos de seu supermercado não estarão, necessariamente, todos em promoção. Por isso, organize a sua loja para favorecer as mercadorias que não estão com descontos. Coloque produtos em promoção ao lado de outros que não estão em promoção para, assim, estimular a venda desses produtos.

 

LGPD: Lei Geral de Proteção de Dados

Entre todas as dicas relacionadas, destacamos a atenção especial para a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Em épocas de grande movimento como a Black Friday, é comum coletar dados e informações de clientes e novos clientes, que depois serão usados para relacionamento. Porém, é necessário estar atento a essa lei, que garante aos usuários mais privacidade e controle sobre seus dados, a fim de evitar o uso indevido por terceiros.

Ou seja, você pode (e deve) coletar as informações dos clientes para enviar comunicações personalizadas para eles, como promoções exclusivas, e-mails marketing, entre outros. Porém, a partir de agosto de 2020, você só poderá fazer o envio caso o recebedor tenha claramente autorizado você a fazê-lo. Portanto, quando estiver cadastrando os clientes, obtenha a autorização expressa deles para receber comunicações.

Se tiver dúvidas sobre como se adequar à lei, preparamos para você um Guia Prático para acompanhar a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (https://www.consinco.com.br/lgpd-guia-pratico-para-acompanhar-a-lei-geral-de-protecao-de-dados-pessoais/).

 

Faltam somente algumas semanas para uma das datas mais esperadas do varejo, a Black Friday. Esse é o momento em que você precisa se preparar, analisar todos os setores da sua loja e resolver possíveis problemas e gargalos existentes antes da data. Esperamos que nosso artigo ajude você a ter sucesso nesse período.